Diego Casagrande

 

Casagrande é formado em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do RS (PUC-RS) em 1993.

DIEGO CASAGRANDE (PORTO ALEGRE, 1972) É UM JORNALISTA, RADIALISTA, ESCRITOR, CRONISTA E PALESTRANTE BRASILEIRO.
MORA DESDE 2018 NOS EUA.

Em 2016 foi escolhido para receber o Prêmio Liberdade de Imprensa do XXIX Fórum da Liberdade, evento internacional promovido pelo IEE (Instituto de Estudos Empresariais) e sediado no Centro de Eventos da PUC-RS.

Ainda na faculdade, começou a trabalhar no jornal Zero Hora no setor de copyright. Depois atuou como produtor e repórter na Rádio Gaúcha. Foi apresentador e repórter na TVCOM e RBSTV. Inaugurou o programa Conversas Cruzadas (TVCOM) em 1995, onde permaneceu como apresentador até meados de 1997. Desde 2005 está no Grupo Bandeirantes de Comunicação do Rio Grande do Sul, onde apresenta programas nas rádios BAND NEWS FM 99,3 (Primeira Edição) e BANDEIRANTES FM 94,9/AM 640 (Rádio Livre), atualmente direto de Orlando (FL), nos Estados Unidos. Foi colunista semanal do jornal METRO em Porto Alegre desde a sua estreia em 2011 até 2018.

Ao longo da carreira já recebeu Prêmio Press, Brigada Militar e Direitos Humanos de jornalismo, entre outros. Em 2014 foi escolhido Comunicador da Qualidade do PGQP (Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade) e Comunicador do Ano da FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RS). Em 2015 e 2017 recebeu o Prêmio Press de Melhor Apresentador de Rádio do Rio Grande do Sul em votação pública e de personalidades.

Em 2018 foi escolhido Cidadão de Porto Alegre pela Câmara de Vereadores da capital do RS.

Casagrande é autor de quatro livros: Porto Alegre – 48 horas sob terror (com José Coiro, em 1997), Vanguarda do Atraso (2006), O Triunfo das Nulidades (2014) e Que delícia ser de esquerda (2016). Também participou da antologia “Santa Sede – Crônicas de Botequim” (2012).

Também é Editor do site OpiniaoLivre.com.br.

Vídeos

Acompanhe o meu canal direto dos EUA

+ Recente:

opiniao&criticaV6
  • Startups: 16 aportes e 12 aquisições em novembro
    on 04/12/2020

    O levantamento mensal do portal Whow!, produzido com a colaboração da 100 Open Startups, identificou 16 aportes e 12 aquisições em startups em novembro. O acumulado do ano já soma US$ 2,87 bilhões e 426 aportes, montante superior ao realizado nos 11 primeiros meses de 2019, quando ocorreram […]

  • Governo publica edital para contratar nuvem pública
    on 04/12/2020

    O governo federal publicou recentemente um edital para a contratação de nuvem pública, com um valor estimado de R$ 370,47 milhões para a aquisição de, no mínimo, dois fornecedores diferentes. “O primeiro edital do tipo, vencido no final de 2018 pela Embratel oferecendo nuvem da AWS, era […]

  • Web Summit marca início do mundo pós-pandêmico
    on 04/12/2020

    Considerado o maior evento de “transformação digital” do Hemisfério Ocidental, ocorre essa semana em Portugal a Web Summit 2020, transmitida em formato ‘online’ a um público estimado de 100 mil pessoas conectadas. Comissária europeia da Coesão e Reformas, a portuguesa Elisa Ferreira […]

  • Facebook irá remover fake news sobre vacinas da Covid-19
    on 03/12/2020

    O Facebook anunciou que irá remover publicações que contenham falsas alegações sobre as vacinas para combater a Covid-19, uma medida tomada que visa proteger a saúde pública e o avanço da pandemia. “Tendo em conta as notícias recentes de que em breve vão começar a ser distribuídas […]

Fale com o Diego Casagrande






A sociedade não aceita mais a glamourização do crime. Há muito tempo que os brasileiros pagam caro pela legitimação da criminalidade. https://www.youtube.com/watch?v=wAQINK5UXho&feature=youtu.be

Os primeiros admitem, inclusive a reeleição de Maia enquanto Kassio Nunes, indicado de Bolsonaro para a corte, dá aval à vontade de Alcolumbre. É um absurdo!

Já denunciei no plenário a tentativa de golpe que está sendo articulada para as reeleições de Rodrigo Maia e de Davi Alcolumbre para as presidências da Câmara e do Senado, o que é VEDADO pela Constituição. Cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF) não aceitar isso!

Ver Mais

Custom by